sexta-feira, 27 de junho de 2008

Contagem regressiva

Prá mim, o tempo é uma das melhores traduções do que Einstein quiz propor a respeito da teoria da relatividade. Somos obrigados a admitir que o significado de um minuto pode ser de um átimo de instante ou longo como uma vida.



No caso da gravidez, o tempo de desenvolvimento de uma vida literalmente - 9 meses - parece ter passado mesmo como alguns instantes. É um fenômeno muito interessante e, diria até, mágico. É preciso um olhar não linear para compreender isso. Se desvencilhar dos condicionantes cartesianos para alcançar o entedimento mínimo de como isso pode ser possível. Afinal as 40 semanas estão se passando muito rápido e, como já sei que não vou ter um bebê prematuro, agora é o caso de apenas aguardar os últimos 20 dias, no máximo. Talvez um pouco menos já que a tendência é que os bebês nasçam antes das datas estipuladas.


Pedro vai ser canceriano. Sentimental e muito família, conforme dizem. E também conforme a crença popular, "apaixonado" por sua mamãe, o que é "fácil" e um tanto quanto "óbvio" de compreender. Claro que estamos tratando aqui de uma paixão do bem e sem exageros. Paixão de admiração a qual eu já nutro por ele. Admiro seu bom comportamento (minha gravidez tem sido muito traqüila), já admiro sua capacidade de aglutinação pelas pessoas que se aproximam de mim e que querem saber dele, admiro sua coragem e bravura pois vai nascer no mês mais frio do ano e no estado também mais gelado desse país. Um forte sem dúvida.

A tarefa desta semana é preparar, portanto, as malas. A minha e a dele. E até para isto já existe manual que prevê quais as roupas e quantas de cada se coloca para a ida ao hospital, além de uma série de itens necessários como fraldas, hipoglós, etc.

Enquanto isso, fico aqui no exercício de imaginar como tudo isso vai acontecer. O parto. A nova rotina longe do trabalho na Unisc, com noites movimentadas, amamentação, fraldas, cocô mole cocô duro, enfim. A nova vida que, certamente, passa a ser dividida em A.P. e D.P.

Me desejem uma boa hora como dizem os mais tradicionais se referindo ao parto. Sempre será necessário ouvir isso.

4 comentários:

Ju disse...

Eu te desejo uma Boa Hora!
Eu te desejo saúde!
Eu te desejo tranquilidade!
Eu te desejo equilíbrio!
Eu te desejo inspiração!
Eu te desejo... ããã... eu te desejo...
Ah! Quer saber? Eu desejo tantas coisas boas...
E ao Pedro então... mais ainda!
Sabe, tem algo nessa gravidez que mexe comigo, que me emociona.
Talvez isso aconteça devido ao fato de os pais dessa criança serem pessoas fantásticas, que admiro muito e que muitas vezes já observei e pensei: "quando eu crescer, quero ser assim!"
Tudo bem que crescer, literalmente, será um pouco complicado no meu caso, mas certamente esses pais me servem de exemplo e tenho certeza que a educação, o carinho, amor, afeto e toda energia canalizada ao Pedro será fonte de inspiração e lição de vida para muuuitas pessoas!
Eu sei que tudo acontecerá tranquilamente, da melhor maneira possível, mas se a mamãe acha melhor assim, então: BOA HORA!!!

mari disse...

Fabi, querida!
Assim como a Ju, desejo uma boa hora prá ti. Não sei se já te disse (pelo menos aqui em casa repeti diversas vezes) que tu é a grávida "mais sem frescura" que eu já vi.
O Pedro vai ser inteligente e tranqüiilo, certamente. E se sou um bom exemplo (hehe), nasci na madrugada mais gelada de 1987. Boa marca, né?
Beijo! Que teus dias sejam de muita felicidade.

Letícia Mendes disse...

Fabi
Te desejo muita sorte e, claro, uma boa hora. Também sou canceriana, do dia 12 deste mês, e se depender do signo o Pedro vai ser sim um bebê calminho, diz minha mãe que eu dormia dois dias seguidos e que o choro era raro. Te desejo muita tranqüilidade e muita saúde! Agora só nos resta esperar para ver a carinha dele...Grande beijo!

Aline Santos disse...

Tipo...
O Pedro é o bebê mais esperado da comunicação.
Esse guri ta comentado por demais.
A mamãe dele ta linda, o papai ta bobo e a maninha na maior expectativa.
Eu particularmente "to louca" pra ver seu rostinho e poder pegá-lo.
Fabi boa hora, Pedro saúde, pq o resto vc já vem demonstrando que tem.
Bjus de uma das suas futuras babás...Aline